Esta página é melhor visualizada com o JavaScript habilitado

Minha realidade não é a sua realidade.

 ·  ☕ 2 min. de leitura  ·  ✍️ flads

Facilmente o ser humano esquece dos aprendizados que obteve. Aliás, nossa capacidade de esquecer é fundamental pra nossa sobrevivência como espécie. Já pensou se lembrássemos sempre de todas as coisas ruins que acontessem conosco ou de todas as experiências desagradáveis que outras pessoas nos proporcionaram?! Seria insuportável.

Somos todos responsáveis pelas mudanças em nossas vidas, e é extremamente louvável, e admirável, quando alguém consegue atingir um patamar de vida satisfatório e com realizações. Entretanto, não deveríamos esquecer dos momentos de escassez, de quando não tínhamos determinados privilégios ou bens.

Quando cursava o curso técnico em informática, presenciei a fala de alguém, que hoje não lembro quem, que dizia o quanto éramos privilegiados por estudarmos em uma instituição com a estrutura que tínhamos. Salas com ares-condicionados, TVs com acesso a internet, computadores de última geração, ambiente limpo, etc., tudo isso já era algo do cotidiano da gente, estávamos tão acostumados que nem notávamos o quanto era algo fora da realidade.

A minha realidade era essa, mas a realidade das escolas públicas brasileiras era totalmente diferente. Salas com ventiladores quebrados, quadros já velhos, sem acesso a internet para os alunos, laboratórios inexistentes ou inúteis, sujeira e banheiros quebrados.

A minha realidade é a de alguém que possui total controle sobre os membros de seu corpo, porém existem pessoas que só conseguem mexer suas cabeças. Hoje posso ver e escutar perfeitamente, mas diversos jovens não conseguem fazer o mesmo.

Não acredito que somente as pessoas que já passaram por situações difíceis irão valorizar as coisas boas da vida. Assim como existem pessoas que eram pobres e que, ao se tornarem ricas, agem como tolos, também temos quem nunca passou por grandes dificuldades e que valoriza tudo ao seu redor.

O sentimento de gratidão não está vinculado às suas experiências. O sentimento de gratidão existe em quem entende as possíveis realidades, em quem sabe que as coisas poderiam estar piores e que por mais difícil que possamos estar, estamos vivos.

Compartilhar em

flads
Escrito por
flads
Web Developer